Sonic Spinball – O game que foi desenvolvido em 61 dias!

Espaço para discussão sobre SG-1000, SC-3000, Master System, Mega Drive, Game Gear.

Moderador: Moderadores

Avatar do usuário
Sonymaster
Mensagens: 1000
Registrado em: Seg Out 30, 2017 11:52 pm
Localização: Pernambuco

Sonic Spinball – O game que foi desenvolvido em 61 dias!

Mensagem por Sonymaster » Sex Fev 01, 2019 8:56 pm

Sonic Spinball é o primeiro spin-off de toda a série Sonic e introduz uma inovadora mecânica que mistura a jogabilidade plataforma com os jogos de Pinball, além de uma historinha com direito a cutscenes.

DESENVOLVIMENTO EM TEMPO RECORDE!

O game foi idealizado enquanto os japoneses da Sonic Team estavam desenvolvendo os games que viriam a ser o Sonic 3 e o Sonic & Knuckles.

Para quem não sabe, o Sonic 2 do Mega Drive foi desenvolvido por funcionários japoneses e americanos da SEGA, mas as barreiras culturais e linguísticas acabavam angustiando ambos os lados.

Imagem


Com os superiores ordenando um Sonic 3, o produtor da série na época, Yuji Naka, concordou em desenvolver sob a condição de que a equipe seria exclusivamente japonesa.

A ideia original era que este último fosse lançado em novembro de 1993, seguindo os mesmos moldes de Sonic 2, assim, eles conseguiriam aproveitar a melhor época e “turbinar” também as vendas do Mega Drive.

No entanto, não daria tempo para o jogo ficar pronto até o natal. Foi quando a SEGA dos Estados Unidos deu aos americanos, que participaram do Sonic 2, a missão de desenvolver o primeiro spin-off da franquia, sendo um jogo mais simples, porém que seria lançado em novembro de 1993.

Devido ao espaço de tempo muito menor que a média, a maior parte do Sonic Spinball foi desenvolvida ao longo de 61 dias, que é um prazo limitadíssimo. A equipe de pesquisa concluiu que a fase Casino Night Zone de Sonic 2 era uma das fases mais populares, o que levou ao game designer Peter Morawiec a pensar em um jogo que tivesse a mecânica de “Pinball” onde o mascote fosse a bolinha.

Imagem


Com o jogo pronto, o designer principal da equipe japonesa, Hirokazu Yasuhara, viu o game e notou que a música da tela de título era a mesma de Sonic 1 e Sonic 2, mas a melodia era de propriedade da banda Dreams Come True, já que o músico Masato Nakamura foi quem desenvolveu as faixas destes dois jogos.

Para evitar problemas, Morawiec convocou o compositor Howard Drossin para desenvolver uma nova faixa para a tela de título em aproximadamente duas horas.

NEM O MELHOR, NEM O PIOR

A ideia é você coletar três Esmeraldas do Caos espalhadas pelas quatro fases em um sistema de defesa na base do Dr.Robotnik. Ao fazê-lo, a sala do chefe é destravada e derrotando-o você passa de fase. Para pegar as esmeraldas é necessário explorar o cenário e, na maioria dos casos, resolver enigmas simples para conseguir chegar até ele.

Mesmo visivelmente menos trabalhado quando comparado aos games da saga principal, o Sonic Spinball acabou conquistando seu espaço e possui uma significativa legião de fãs.

Os gráficos e a trilha sonora são considerados bons, mesmo não estando no nível da saga principal, enquanto a jogabilidade é mais travada e nem chega perto da fluidez dos jogos tradicionais, mas não chega a atrapalhar.

Já a curva de dificuldade é bem alta, em especial na última fase em que você pode ficar com bastante “dor de cabeça” para conseguir zerar. O mais provável é que os desenvolvedores “apertaram os cintos” para aumentar a longevidade do título.

Imagem

NOSTALGIA NO CORAÇÃO DE MUITOS

Pelo ponto de vista técnico, o Sonic Spinball realmente não está entre os melhores jogos do Mega Drive. O desenvolvimento apressado resulta em uma jogabilidade mais travada e tanto os visuais quanto a trilha sonora estão em uma qualidade bacana, mas nada comparado aos games “top de linha” do console.

Imagem


Por outro lado, este game marcou a infância de muita gente nos anos noventa, além de ter uma proposta inovadora ao misturar elementos de plataforma com Pinball, e também ser o único game que se passa no universo do desenho animado Sonic SatAM, com direito a cameos da Sally, Bunnie e outros personagens da animação.

Portanto, este game não chega perto de alcançar o status de “clássico”, mas pode ser bastante divertido.

Fonte: Blog Tectoy
Sega x Big N Jogador de Videogame das décadas de 1980 e 1990

Responder